20/10/15

Afinal, o ABACATE é bom ou mau?


Comer abacate parece estar na moda. Celebridades como Taylor Swift e Cara Delevingne partilham fotografias nas suas redes sociais a comer abacate e Cara até diz que o segredo para a sua pele é um creme de abacate e pera.  
Ao abacate têm sido associados corpos magros, pele brilhante e coração saudável. Mas há vozes a garantir que não se trata de um super alimento.
"Em termos de saúde cardíaca, o abacate é ótimo. É certamente melhor na sua torrada ou salada que queijo. Mas é alto em gordura e calorias, por isso qualquer pessoa que esteja em dieta deve ter cuidado", alerta Chloe Miles, da Associação Dietética Britânica.
As gorduras presentes no abacate são, no entanto, monoinsaturadas, o que quer dizer que reduzem os níveis de colesterol no sangue e por isso diminuem também as probabilidades de ataque cardíaco ou AVC. São do mesmo tipo das encontradas no azeite, sementes e vários tipos de nozes. Ao contrário das "más" gorduras presentes na manteigas e fast food, as gorduras monoinsaturadas são benéficas para os músculos cardíacos e controlo de níveis de colesterol.  
Os abacates podem ainda ajudar a combater diabetes tipo 2. Um estudo americano, publicado no jornal Diabetes Care, descobriu que uma dieta que inclua regularmente abacate tem um efeito positivo na estabilização dos níveis de açúcar no sangue.  
Ainda assim, Chloe Miles recomenda o consumo moderado. Os abacates são muito calóricos em comparação com outros frutos verdes ou vegetais.  Um abate comum contem cerca de 150 calorias por metade. Brócolos com um peso equivalente contêm apenas 20 calorias. Se estiver a comer um abacate por dia não se esqueça que está a adicionar 300 calorias à sua dieta diariamente. 
Os abacates são, no entanto, muito baixos em açúcar, enquanto uma banana contém 12g de açúcar, uma metade de abacate contem apenas 0,2g. São também ricos em vitaminas e minerais.   
Dito isto, Joanne Reid Rodrigues, nutricionista e autora de "Slim, Happy & Free: The Ultimate Guide To Ending Yo-Yo Dieting", está convencida que a quantidade aconselhável, por dia, que os homens poderão comer é um abacate e as mulheres uma metade.   
É também recomendado que adicione pequenas quantidades de cada vez às suas refeições em vez de comer a quantidade diária aconselhável toda de uma vez. 
Fonte:  http://visao.sapo.pt/afinal-em-que-ficamos-o-abacate-e-bom-ou-mau=f832895#ixzz3p8qEZtud

Abraço.
ChefAntónio

1 comentário:

  1. Encontrei seu blog e é uma honra estar a ver e ler o que escreveu, quero felicitar-vos, pois é um bom blog, sei que irá sempre fazer o melhor, dando-nos boas noticias, e bons temas.
    Quero aproveitar a oportunidade para partilhar o meu blog : Peregrino E Servo.
    Vou ficar muito feliz se tiver a gentileza de fazer uma visita ao meu blog.
    PS. Se seguir, fique a saber que irei seguir também seu blog, se o conseguir encontrar.
    António Batalha.
    Parabéns e muitas felicidades.
    http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar