30/12/13

.Como descascar alhos facilmente!



Os alhos, sobretudo os dentes mais finos, não são fáceis de descascar… Ou será que são?
Com as duas dicas que hoje vos trago, descascar alhos deixa de ser um problema!
Coloque os dentes de alho (separados da cabeça) num corpo com água morna. Passados 20 minutos… é só descascar!
Coloque os dentes de alho (separados da cabeça) no micro-ondas durante 10 segundos. E pronto, as cascas soltam-se facilmente!
Abraço e bons cozinhados!
AP

.Hortelã-laranja: uma maravilha da natureza!

Com a chuva que tem caído, a minha hortelã-laranja está linda!

Muito aromática e com sabor refrescante a evocar a casca de laranja cristalizada, esta planta, também conhecida como Citrata, pode ser usada na cozinha. As suas folhas:
. Picadas são um ótimo tempero para saladas;
. Esmagadas, dão um sabor refrescante à  água natural (ou ao chá) e fazem um molho excelente para a carne de borrego ou peixe cozido ou grelhado;
. Com propriedades analgésicas, carminativas (ajuda  aliviar os gases), antisséticas e vasodilatadoras, secas ou frescas, em infusão ou mastigadas, são usadas para dores de estômago, dores de cabeça e febre.

Informação encontrada AQUI e AQUI.
 
AP

25/12/13

.Migas de abóbora: um acompanhamento divinal!

Ficou assim, apetitoso!

Ingredientes:
.500 g de abóbora cozida em água e sal (escorrida e feita em puré)
.200 g de miolo de pão branco (molhado e espremido)
.azeite de oliva (5 colheres de sopa)
.5 dentes de alho
.pimenta preta (do reino)
.alguns espargos (usei espargos selvagens que colhi no bosque)
.1 ramo de coentros
.sal (eventualmente)

Preparação:
1. Numa frigideira grande antiaderente (ou tacho), leve o azeite a aquecer com os alhos (esmagados em papa) e os espargos (picados).
2. Mexa e deixe alourar durante 2 a 3 minutos.
3. Junte a abóbora, o pão e a pimenta e misture bem com o azeite.
4. Em fogo médio, deixe apurar durante 5 minutos, mexendo sempre. Sendo necessário, pude juntar um pouco da água em que cozeu a abóbora.
5. Junte os coentros picados e deixe ferver durante 1 minuto.
6. Verifique se é preciso juntar sal. Mais 2 a 3 minutos e estará pronto a servir.
Nota: A abóbora deixa cremosas estas migas, que são um excelente acompanhamento de pratos de carne (fritas, grelhadas ou assadas no forno).

Bom apetite!
AP

23/12/13

.Geleia de laranja: de-lí-ci-a!

Aqui está uma amostra do vitaminado néctar!

Depois de várias tentativas, encontrei uma forma relativamente simples (e estável nos resultados) de preparar uma deliciosa geleia de laranja!

Ingredientes:
8 laranjas 
300g de açúcar 
1 copo de água

Preparação:
1. Tire a casca de 2 laranjas e corte-a em tirinhas finas.
2. Faça suco de 4 laranjas.
3. Das outras 4 laranjas, aproveite a polpa sem tirar o suco.
4. Coloque as cascas da laranja em uma panela, dê uma fervura e jogue esta água fora.
5. Depois coloque na panela as tirinhas, o suco, a polpa (cortada em pedaços pequenos), o açúcar e a água e deixe ferver em fogo baixo até engrossar.
6. A geleia estará pronta quando levantar uma espuma e ficar com brilho (demora cerca de 30 minutos depois de começar a ferver).

Poderá usar a sua deliciosa geleia:
.Como recheio de bombons de chocolate negro.
.Como compota para barrar no pão.
.Na cobertura de bolos (diluída com água e aquecida no micro-ondas).

Esta proposta é o resultado da adaptação (com redução substancial do açúcar) de uma receita encontrada AQUI.

Bom apetite!
AP
 

.Pudim de abóbora com pão: uma proposta natalícia!

Acabadinha de fazer, a iguaria terá amanhã o devido destaque na consoada!
 
 
E é mesmo uma excelente sobremesa para o Natal. Deliciosa, económica, fácil de confecionar e  pouco calórica.
 
 
Ingredientes:
.300g e puré de abóbora cozida e bem escorrida
.125g de miolo de pão
.4 ovos
.2,5 dl de leite
.160g  açúcar,
.Raspa de 1 limão
.50g de passas miúdas (corintos)
.Geleia de fruta
.Manteiga para untar
.Farinha para polvilhar.
 
Preparação:
1. Unte com manteiga uma forma de pudim e polvilhe-a com farinha.
2. Numa tigela, misture o puré de abóbora com o miolo de pão esfarelado, os ovos, o leite, o açúcar, a raspa de limão e as passas.
3. Deite o preparado na forma e leve ao forno a 160ºC, em banho-maria, durante 1 hora.
4. Passado esse tempo, verifique se o pudim está cozido, retire-o e deixe-o arrefecer. Quando frio, desenforme-o com cuidado e regue-o com geleia de fruta.
 
 
Notas:
1.       Encontrei esta receita em http://pt.petitchef.com/receitas/pudim-de-abobora-com-pao-fid-140754, tendo reduzido o açúcar de 200 para 160 g.
2.       Usei geleia de laranja feita cá em casa (veja a receita AQUI). Ligou excelentemente com o sabor da abóbora!
 
 
Bom apetite!
AP


21/12/13

.CREME DE ABÓBORA (com a casca!) COM AIPO!

Esta magnífica sopa, que fez sucesso hoje ao jantar, é a adaptação simplificada de uma receita de Jamie Oliver. A sua originalidade está na utilização da abóbora com a casca.

Ingredientes:
.1 aipo (tb conhecido como salsão no Brasil)
.2 batatas grandes
.2 cebolas médias
.500 gramas de abóbora com a casca
.Sal q. b. e 3 colheres de sopa de azeite

Preparação:
1. Separar as folhas do aipo dos talos.
2. Cozer, durante cerca de 30 minutos, os talos do aipo com as batatas, as cebolas e a abóbora com a casca cortada aos cubos.
3. Triturar tudo e juntar o sal e o azeite.
4. Quando o creme obtido levantar fervura, é só juntar as folhas do aipo (picadas grosseiramente) e deixar cozer mais 10 minutos. Sendo necessário, retificar o sal.
5. E está pronto e de-li-ci-o-so!

Buon Appetito!
AP
Nota: O aipo é da família da salsa. Por isso mesmo, no Brasil, chamam-lhe… salsão!

03/12/13

.Bifes de frango com pimentos vermelhos e batatas acoentradas

Ficou assim: colorido e saboroso!

Para quem acha que o peito de frango é seco e insípido, esta receita torna-o num prato saudável e suculento. Uma paleta de cores e aromas irresistível!
Quanto às batatas, uma perdição…

Bifes de frango com pimentos vermelhos e batatas acoentradas

A. Ingredientes:
. 4 bifes de frango (cerca de 500 gramas)
. 3 batatas médias
. 1 pimento vermelho grande
. 1 cebola média
. azeite, sal, tomilho, coentros e limão

C. Preparação
.DOS PIMENTOS E DOS BIFES:
1. Numa frigideira antiaderente, leve a cebola, cortada em fatias finas, a estufar em azeite em lume médio durante 2 minutos.
2. Junte o pimento cortado às tiras e tempere com uma pitada de sal.
3. Tape a frigideira e deixe cozinhar em lume brando durante cerca de 8 minutos, mexendo de vez em quando.
4. Reserve os pimentos.
5. Coloque os bifes no azeite de preparar os pimentos que ficou na frigideira durante 3 minutos de cada lado.
Nota: Os bifes devem ser previamente temperados (30 minutos antes) com tomilho, sumo de limão (2 colheres de sopa) e umas pedras de sal (1 colher de café).

.DAS BATATAS:
Durante a preparação dos pimentos, pode cozinhar estas deliciosas batatas.
1. Descasque as batatas e corte-as em cubos pequenos (como na imagem).
2. Ponha-as num pirex com tampa com coentros e 3 colheres de sopa de azeite. Não junte água!
3. Mexa bem, tape o pirex e leve ao micro-ondas durante 5 minutos na potência máxima.
4. Agite o pirex durante uns segundos e conte mais 5 minutos. As suas batatas 5+5 estão prontas!

20/11/13

.Como baixar o colesterol: manteiga de azeite feita em casa!

Pronta a consumir!

Segundo o meu médico, nem manteiga nem margarina (incluindo a Becel). O que é bom mesmo é pôr no pão… azeite!
Depois de várias experiências, consegui uma manteiga de azeite muito satisfatória no sabor e na consistência.

Vamos à receita!
1. Junte a 1dl de azeite extravirgem, dois alhos esmagados e ervas aromáticas de acordo com o seu gosto. Optei por tomilho e orégãos. NÃO JUNTE SAL.

 
2. Deixe no frigorífico (geladeira) durante três dias.
3. Passados os três dias, coe o azeite e coloque-o num recipiente de vidro com tampa.
4. Ponha no congelador e, no dia seguinte, passe o recipiente para o frigorífico. Depois de descongelar terá a consistência pastosa que vê na imagem. É muito saboroso e fácil de aplicar no pão. Conserve no frio.
Nota: Pode usar a sua manteiga de azeite para fritar bifes, temperar massas, etc.


INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES:
Fiz uma pesquisa e encontrei informação abundante sobre o assunto. Fiz uma compilação de dados a partir do site http://nutricionario.com.
1. A manteiga é gordura animal saturada, elevando os níveis de colesterol.
2. A margarina é feita a partir de óleos vegetais. O problema é que, sendo os óleos líquidos, são-lhe introduzidas moléculas de hidrogénio para que fiquem com a consistência cremosa própria das margarinas. O problema é que esses óleos, que eram mono ou poli-insaturados, ficam… saturados!
3. E a Becel e a Becel Pro Activ são a solução? Parece que os óleos interesterificados que entram na sua composição são problemáticos. Segundo um estudo publicado no jornal científico Nutrition and Metabolism, em 2007, fazem cair em 20% os níveis de insulina produzida pelo pâncreas e aumentar significativamente os níveis de açúcar no sangue.

Abraço.
ChefAntónio

18/11/13

.Sopa de urtigas com cubos de pão frito em azeite

 
À noite, deliciosas, ao jantar...
 
À tarde, viçosas, ao fundo da horta!
 
Utilizadas desde tempos longínquos na produção de vestuário (até ao século XIX) e até de papel, as urtigas são uma excelente fonte de vitaminas, betacaroteno, minerais, etc. Pode ser aproveitada de várias formas. Exemplos: em infusões (com efeitos benéficos na diabetes ou no excesso de ácido úrico), como inseticida natural (contra o pulgão das plantas) e em champô anticaspa.
Na cozinha, utilizam-se apenas as folhas (preferencialmente tenras) para confecionar esparregado e a belíssima sopa que vos trago hoje. Para os mais céticos, devo esclarecer que, depois de fervidas, as urtigas ficam macias e aveludadas e perdem o seu poder urticante.

Sopa de urtigas com cubos de pão frito em azeite

Ingredientes para quatro a cinco doses:
. 120 gramas de urtigas (folhas e pontas tenras)
. 3 batatas médias
. 1 cebola
. 1 raminho de tomilho fresco (sendo seco, uma colher de café)
. azeite, sal
. 2 litros de água
. cubos de pão

Preparação:
1. Apanhe as urtigas (com luvas de jardinagem!) e retire as folhas e os rebentos tenros. Depois de lavadas num passador, pique-as grosseiramente.
2. Numa panela, aloire a cebola cortada às rodelas no azeite e junte as batatas cortadas em quatro, a água e o tomilho.
3. Tempere com uma colher de sopa de sal e deixe cozer durante 20 minutos (depois de levantar fervura).
4. Triture as batatas e junte as urtigas. Sendo necessário, retifique o sal e deixe cozer durante mais 10 minutos.
5. Sirva com os cubos de pão fritos (ou torrados, se quiser aliviar a consciência…).

Adaptei a receita do “site” http://www.dulcerodrigues.info/plantas/pt/ortiga_pt.html. Achei estranho estar lá indicada a porção de 500 gramas de folhas. Seria necessário apanhar um campo inteiro de urtigas para chegar a esse peso!
Nota: Depois de arranjadas, lavadas e secas num pano, as urtigas podem ser congeladas, mantendo toda a frescura e sabor.

Bon appétit!
AP


17/11/13

.Carapau no pão com batatas gulosas!


Foto tirada hoje ao almoço
 
Uma comidinha saudável não tem de ser aborrecida. Confecionada com uns fresquíssimos carapaus frescos de Setúbal, esta receita tem a vantagem de, no essencial, ficar preparada de véspera.
As batatas feitas no micro-ondas serão uma deliciosa surpresa.

Carapau no pão com batatas gulosas

A. Ingredientes:
. 4 carapaus médios
. 500 gramas de batatas
. 4 fatias de pão de mistura
. pimenta preta moída no momento (1 colher de café)
. orégãos (1 colher de café)
. azeite, vinagre balsâmico, sal
. 4 alhos

B. Preparação
.DOS CARAPAUS (NA VÉSPERA):
1. Tire as tripas aos carapaus, lave-os e deixe-os com umas pedras de sal durante 15 minutos.
2. Sacuda o sal e grelhe-os.
3. Ponha o peixe numa travessa e, enquanto está quente, regue com azeite, um pouco de vinagre balsâmico e os alhos esmagados em papa.
4. Cubra com película transparente e guarde no frio até ao dia seguinte.

.DAS BATATAS (NO PRÓPRIO DIA):
Nota: Retire os carapaus do frio duas horas antes de servir para que fiquem à temperatura ambiente.

1. Descasque as batatas e corte-as em cubos pequenos (como na imagem).
2. Ponha-as num pirex com tampa com os orégãos, a pimenta preta e 2 colheres de sopa de azeite. Não junte água!
3. Mexa bem, tape o pirex e leve ao micro-ondas durante 5 minutos na potência máxima.
4. Agite o pirex durante uns segundos e conte mais 5 minutos. As suas batatas 5+5 estão prontas!
5. Torre o pão até começar a doirar.
6. No prato, regue cada fatia com o molho do peixe e coloque em cima um carapau.
7. Junte as batatas e desfrute! Está recriado o ambiente das festas populares na sua cozinha. Até pode comer o peixinho à mão…

C. Sugestão:
Usando o grill superior do forno, o calor vem de cima e os carapaus não agarram à grelha.

 

27/10/13

.Melão frito com vinho do Porto!

Aqui está, acabado de confecionar...

A receita de hoje inspirou-se na necessidade de aproveitar um melão com genes de pepino…
Pesquisei na internet receitas com melão, umas doces, outras salgadas. Nada correspondia à ideia que tinha de fritar o melão. Logo, decidi improvisar e saiu bem à primeira! Beginner's luck

Ingredientes (para 2 pessoas):
.4 fatias finas de melão (cerca de 1,5 cm de espessura)
.azeite de oliva (2 colheres de sopa)
.açúcar cristal (2 colheres de sopa)
.canela
.vinho do Porto (3 colheres de sopa)

Preparação
1. Numa frigideira antiaderente, aqueça o azeite em fogo médio.
2. Junte as fatias de melão e polvilhe com o açúcar e a canela.
3. Baixe para fogo mínimo, vá agitando a frigideira e deixe apurar durante 4 minutos.
4. Vire as fatias e deixe fritar durante mais 4 minutos.
5. Tire as fatias para uma travessa e junte o vinho do Porto ao molho.
6. Mexendo sempre, deixe ferver em fogo médio durante 1 minuto.
7. Regue as fatias com o molho e está pronto!

Sugestão:
Pode acompanhar com gelado de nata ou baunilha.


Bon appétit!
António Pereira

18/08/13

.Pepino com especiarias!

Lindo, não?

O facto de o pepino cru particularmente indigesto para algumas pessoas (tenho um caso cá em casa) levou-me a esta receita muito saborosa.

Ingredientes:
2 pepinos de tamanho médio
1 cebola grande
4 colheres de azeite (de oliva)
Sal (uma colher de café)
Caril e paprica (páprica no Brasil): 2 colheres de café de cada

Preparação:
1. Pique a cebola e deixa-a fritar docemente no azeite durante 5 minutos.
2. Junte o pepino partido em quartos e cortado às rodelas finas. Se os frutos forem tenros, não tire a pele (como eu fiz).
3. Junte o sal e as especiarias, mexa. Quando começar a ferver, deixe estufar durante 20 minutos em fogo brando, mexendo de vez em quando.

SUGESTÕES:
*pode ser consumido:
quente ou frio;
como entrada ou como acompanhamento (de carnes frias, peixe grelhado ou carne grelhada).

Bom apetite!

Chef António

Consumimos o nosso pepino a acompanhar umas lindas sardinhas assadas no forno solar... com especiarias!

14/08/13

.Há dicas eficazes para escolher uma boa melancia?

Imagem encontrada AQUI.

São muitos os sítios na internet que dão dicas sobre o assunto. Aqui ficam as mais interessantes:
1. Deve ser simétrica com a pele impecável (sem cortes ou partes amassadas).
2. A parte de baixo da melancia (que esteve em contacto com o solo) deve ser amarela. Quanto mais escuro for o amarelo mais madura está! A cor esbranquiçada indica que o fruto está verde…
3. Bata com os nós dos dedos na melancia. Se produzir um som oco, está madura.
4. Entre melancias com a mesma dimensão, escolha a mais pesada.

Fontes:

Dica final (para o caso de nenhuma das indicadas funcionar):
Como nos melões, as entranhas da melancia são um verdadeiro mistério. Cá vai então a forma de lidar como este quase místico assunto. Escolha a sua melancia à sorte, recorrendo a um método do tipo “um-dó-li-tá”. Vá buscar a faca e encha-se de fé, muita fé! Com determinação e confiança abra a melancia… Se é a fé que salva o crente, o resultado só pode ser bom!
Abraço fresco e doce como uma deslumbrante talhada de melancia.

António

04/08/13

.Molho para grelhados e batatas cozidas… Delicioso!

Eis o nosso molho... sozinho, à espera de uma oportunidade.

O molho que vos trago hoje é muito fácil de preparar e pode ser usado no tempero de grelhados (carne ou peixe) e batatas cozidas. Muito saudável, o preparado é de-li-ci-o-so!

Ingredientes:
1 dl de azeite (de oliva) extravirgem
6 dentes de alho
1 mão cheia de coentros picados
Pimenta preta (do reino) moída no momento
2 colheres de sopa de vinagre balsâmico

Preparação:
1. Junte o azeite, os alhos esmagados (com a pele), os coentros e a pimenta.
2. Leve ao micro-ondas na potência máxima durante 1 minuto.
3. Junte o vinagre.
4. Mexa bem e… está pronto a servir!

Ei-lo, de novo, aplicado ao almoço nas sardinhas assadas com batatas cozidas!
 
Abraço e bom apetite!
António


02/08/13

.Receita de Molho Tzatziki e 10 benefícios do pepino!

 
Não estão lindos os meus pepinos biológicos? ;)
 
Este é um molho de origem grega utilizado como aperitivo. Também fica muito bem em saladas.

Ingredientes:
  • 250 g iogurte natural
  • 60 g pepino
  • 1 dente alho
  • ½ sumo de limão
  • q.b. azeite
  • q.b. sal
  • q.b. pimenta

Preparação:
1. Lavar e ralar o pepino. Picar o alho.
2. Misturar tudo com o iogurte e temperar.

 
E AINDA:
10 benefícios do pepino:
1. Fonte de vitaminas do complexo B que são as maiores responsáveis pela manutenção da saúde emocional e mental do ser humano, além de ajudar a manter a saúde dos nervos, pele, olhos, cabelos, fígado e boca.
2. Hidrata o corpo e repõe vitaminas diárias – Pepinos contém cerca de 95% de água, isto colabora para hidratar e eliminar as toxinas presentes no corpo.
3. Luta contra o câncer - o pepino é conhecido por conter lignanas. Esta substância fenólica tem um histórico de pesquisas que a relaciona com a redução do risco de vários tipos de câncer, incluindo câncer de mama, ovário, útero e próstata.
4. Alivia o mau hálito – Pegue uma fatia de pepino e pressione-a contra o céu da boca com a língua por 30 segundos. Isto vai matar as bactérias responsáveis por causar o mau hálito.
5. Cura da ressaca – Para evitar uma ressaca ou dor de cabeça pela manhã, coma algumas fatias de pepino pouco antes de ir para a cama. Pepinos contém bastante açúcar, vitaminas A, B e eletrólitos que repõe muitos nutrientes essenciais perdidos com a bebedeira.
6. Auxilia na perda de peso – Devido ao seu baixo teor calórico e alto teor de água, o pepino é uma dieta ideal para as pessoas que estão em busca do corpo perfeito.
7. Eficaz no processo de digestão – O alto teor de água e fibra dietética presente no pepino ajuda na digestão dos alimentos. O consumo diário de pepino pode ser considerado como um remédio para a prisão de ventre.
8. Diabetes – o suco do pepino contém um hormônio que é utilizado pelas células do pâncreas para produzir insulina. Portanto, o pepino também pode ser benéfico para pacientes com diabetes.
9. Reduz o colesterol – pesquisadores descobriram que um composto chamado esteróis que está presente nos pepinos, pode ajudar a reduzir os níveis de colesterol.
10. Promove a saúde das articulações e alivia a dor da artrite – pepino é uma excelente fonte de sílica, que é conhecido por ajudar a promover a saúde das articulações, fortalecendo os tecidos conjuntivos. Quando misturado com suco de cenoura, eles podem aliviar a dor da artrite, diminuindo os níveis de ácido úrico.